Blog updates

Latest news & updates
Notícias

GAGA – O AMOR PELA DANÇA’ GANHA PRÊMIO DE MELHOR DOCUMENTÁRIO DA 40a MOSTRA INTERNACIONAL DE CINEMA, ESCOLHIDO ATRAVÉS DO VOTO POPULAR

7 de novembro de 2016
Gaga - O amor pela Dança

Dirigido por Tomer Heymann, o filme estreia em janeiro com distribuição da Vitrine Filmes

História sobre um dos mais importantes coreógrafos do mundo, “Gaga – o Amor Pela Dança”, de Tomer Heymann, foi o escolhido pelo público como o melhor documentário da 40a Mostra Internacional de Cinema. A produção conta detalhes da vida de Ohad Naharin, renomado coreógrafo e diretor artístico da Companhia de Dança Batsheva, de Tel Aviv, acompanhando sua trajetória ao longo de oito anos, capturando momentos de ensaios íntimos e mostrando um extenso material de arquivo inédito.

– As sementes deste filme foram plantadas há 20 anos, quando eu vi pela primeira vez o Grupo de Dança Batsheva, de Naharin, no palco. Minha cabeça e meu coração sofreram uma convulsão gigante, como um coquetel excelente de álcool e drogas, mas sem álcool e sem drogas. Um contínuo movimento, música, energia, sexualidade, sensualidade e dançarinos que fazem você se apaixonar sem saber o porquê. A partir daquela noite, eu me tornei um consumidor obsessivo da arte da dança do Batsheva. Naharin é um osso duro de roer, uma pessoa muito complexa e de caráter contraditório, o que o torna um assunto fascinante para um documentário – explica o diretor Tomer Heymann.

“Gaga – o Amor pela Dança” já circulou por diversos festivais mundo afora, tendo recebido o prêmio de Melhor Filme do Tempo Documentary Film Festival e Sofia International Film Festival, além de prêmio do público dos festivais SXSW Film Festival e IDFA. “Esse filme apresenta muitas camadas narrativas diferentes, ele é complexo em sua forma e conteúdo, mas fácil de amar. Enquanto introdução do universo de um artista incrível, este filme abre as portas de um mundo fascinante: político, doloroso, contraditório, mas em última análise, lindo”, elogiou o júri do Tempo International Film Festival. O documentário também foi aclamado pela crítica e eleito por muitos a melhor produção de dança desde “Pina”. “Elétrico, fascinante, coreograficamente brilhante, bem filmado… excelente. Um personagem principal complexo, convincente, bonito e carismático. Sem dúvida, Naharin é um gênio”, escreveu Dennis Harvey, da Variety.

Ed Rodrigues
Web Designer e designer gráfico workaholic. Apaixonado por cinema e ficção científica, colecionador de filmes, fã de Kubrick, Nolan e Tarantino e fundador desse site aí. Acompanhe minhas análises de filmes, toda semana terá 2 ou 3 filmes novos, uns bostas outros espetaculares, assim terá uma prévia antes de comprar seu ingresso ou perder seu tempo vendo no Netflix.

Write a Comment