aguarde...

29 de abril de 2021

A Microsoft está mudando a fonte padrão do Office e quer sua ajuda para escolher uma nova

A Microsoft está mudando a fonte padrão do Office e quer sua ajuda para escolher uma nova

É a primeira vez que a fonte padrão do Microsoft Office muda em quase 15 anos

A Microsoft está mudando sua fonte padrão do Office no próximo ano e quer que todos ajudem a escolher o novo padrão. Embora existam mais de 700 opções de fontes no Word, a Microsoft encomendou cinco novas fontes personalizadas para o Office, em um afastamento da fonte Calibri que tem sido o padrão no Microsoft Office por quase 15 anos.

As cinco novas fontes sem serifa apresentam uma variedade de estilos, incluindo tradicional, moderno e até mesmo um inspirado em sinais de estradas e ferrovias alemãs. A Microsoft está começando a reunir feedback sobre essas cinco novas fontes hoje e planeja definir uma como a nova fonte padrão do Office em 2022.

A Microsoft está mudando a fonte padrão do Office e quer sua ajuda para escolher uma nova
Novas fontes do Office da Microsoft.

Tenorite, criado por Erin McLaughlin e Wei Huang, é o estilo mais tradicional dos cinco. Quase se parece com uma versão mais moderna da fonte Times New Roman padrão de décadas atrás, com caracteres largos, acentos e pontuação clara.

Skeena, criada por John Hudson e Paul Hanslow, inspira-se em vários períodos do design de fontes. Possui grandes variações nas partes grossas e finas de suas letras, junto com curvas muito distintas em letras como S, A e J.

A Microsoft está mudando a fonte padrão do Office e quer sua ajuda para escolher uma nova
A nova fonte Skeena.

Bierstadt de Steve Matteson é inspirado na tipografia suíça de meados do século XX. As terminações do traço são claramente cortadas, mas há uma suavização sutil para evitar a tipografia rígida baseada em grade que você normalmente encontra com uma fonte como esta. Helvetica é o exemplo mais famoso desse tipo de fonte “grotesque san serif”, e Matteson também tentou contrastar a fonte Arial da Microsoft aqui. Mattison batizou a fonte em homenagem a uma montanha rochosa no Colorado que o lembra dos Alpes suíços.

Seaford, de Tobias Frere-Jones, Nina Stössinger e Fred Shallcrass, parece o mais imediatamente familiar do grupo, invocando as fontes clássicas de texto serifado do antigo estilo. Os designers se inspiraram em poltronas antigas para encontrar uma maneira prática de trazer uma fonte clássica e valiosa de volta à vida sem as serifas. Tenho testado todas as novas fontes do Word, e esta em particular é a mais confortável para a leitura de documentos longos.https://c45726aa1089d96260835f5b7c050b4f.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Grandview é a mais impressionante de todas as cinco novas fontes. Criado por Aaron Bell, inspira-se na clássica sinalização de estradas e ferrovias alemãs. Muito parecido com os sinais, esta fonte foi projetada para ser altamente legível, com alguns ajustes para torná-la mais confortável para leitura de formato longo. Com base no espírito do padrão industrial alemão, Grandview parece funcionar bem em slides do PowerPoint em particular.

A Microsoft agora está lançando essas cinco novas fontes no Microsoft 365 para que todos possam experimentá-las antes que um novo padrão seja escolhido. Pesquisas e feedback serão considerados como parte de como a Microsoft escolhe um vencedor, e a empresa vai passar os próximos meses avaliando essas novas fontes e vendo quais estão se provando populares. Assim que uma decisão for tomada, a nova fonte padrão aparecerá nos aplicativos do Microsoft Office em 2022.

Postado em Blog
Escreva um comentário